0

Plágio em Trabalhos Acadêmicos: 7 dicas que lhe ajudarão a se prevenir

Você sabe o que é plágio? Plágio, plagismo ou plagiato é a circunstância em que uma pessoa utiliza-se de conteúdo de outra em seus próprios trabalhos sem as mencionar, de modo a parecer que a peça foi produzida por ela.

Plágio é crime!

Sim, plágio é crime e está inclusive previsto em lei, dentro do Código Penal, no artigo 184 que trata sobre a violação dos direitos autorais. Aliás, por falar em direitos autorais, vale destacar que esta é uma segurança ao autor de uma obra de que ela não poderá ser posteriormente comercializada em nome de terceiros!

Consequências

Quando existem evidências de que algum plágio foi cometido em um texto, normalmente o autor desse texto é chamado para prestar esclarecimentos. Em algumas situações isso pode ser bastante constrangedor.

Por exemplo, se o texto foi submetido para uma revista científica, provavelmente a mesma fará contato com a instituição do autor, com agência de financiamento (se existir) e com a revista do conteúdo original. Se o texto com plágio havia sido publicado, a revista poderá removê-lo da publicação fazendo, inclusive, uma nota de esclarecimento do ocorrido.

7 Dicas para não cometer plágio

1. Sempre salve a fonte do conteúdo

A primeira dica para não cometer plágio é deixar todas as fontes consultadas para a confecção de um trabalho, ou texto, salvas com riqueza de detalhes para posterior uso e aplicação ao longo da escrita.

Sempre que for necessário utilizar os dados e as informações proeminentes de outros autores, tais fontes deverão ser usadas e destacadas para não configurar plagiato em seu trabalho, por isso bastante atenção a esta tarefa!

2. Use sempre as suas próprias palavras

Outra boa dica para elaborar um trabalho digno de nota dez e sem qualquer problema com plágio é escrever sempre usando as suas próprias palavras. Fazer a leitura de uma matéria, prezando por sua compreensão e posterior reescrita com certeza diminuirá a incidência de detecções de plagiato.

Outra coisa importante e que vale a pena destacar é que também se configura como plágio acadêmico a escrita que copia ideias sem mencionar seus verdadeiros pensadores. Fique atento!

3. Use as normas ABNT do começo ao fim do trabalho

Você com certeza já ouviu falar sobre as regras e normas regulamentadoras da ABNT que determinam o passo a passo de como um trabalho acadêmico deve ser elaborado e entregue para avaliação de uma banca. Se ainda não conhece, vale realmente a pena pesquisar sobre o assunto, já que tais regras vão, inclusive, além da criação universitária.

A ABNT determina a fonte, o tamanho da letra, o espaçamento entre linhas e margens de um trabalho, mas, sobretudo descreve exatamente como cada citação e paráfrase devem ser feitas para um correto referencial a fim de não configurar o trabalho com plágio.

4. Saiba como citar e como parafrasear

Em concordância com a dica anterior, vale ressaltar que saber exatamente como citar e como parafrasear determinará a qualidade do seu trabalho.

Citação é a cópia na íntegra do que outra pessoa já falou por isso deve vim sempre seguida do nome do autor, ano e página da obra ou site utilizado como fonte.

Paráfrase, por sua vez, é uma citação indireta, quando você faz uso dos pensamentos e das ideias de outra pessoa, porém fazendo uso das suas próprias palavras.

5. Use softwares de detecção de plágio

Outra boa dica para não incorrer em plágio é consultar programas e sites que trabalham com a detecção deste tipo de situação. Hoje já são muitos e podem até mesmo ser consultados sem custo algum já que existem alguns bons sites que trabalham com esta ferramenta.

A dica é apenas ficar de olhos abertos para não usar softwares que na verdade nada detectam. Neste caso você e o seu trabalho poderão sair prejudicados, o que, com certeza, você não quer.

Se você já utiliza o FastFormat, existe uma funcionalidade exclusiva para verificação de plágio. É muito fácil de utilizar. Basta selecionar a opção Verificação de Plágio no documento que você pretende analisar. A ferramenta irá produzir um relatório dos trechos do documento que seriam possíveis plágios. Veja na imagem abaixo como a ferramenta mostra o resultado.

6. Sempre que estiver em dúvida, referencie

Não sabe se será necessário referenciar certa frase ou pensamento? Na dúvida, sempre prefira pecar pelo exagero!

Referencie para não correr o risco de ter todo o seu projeto e trabalho prejudicado por um pequeno descuido e deslize.

7. Capriche nas referências

E por fim, a última e importante dica é ter muito cuidado na hora de compor a página de referências para que nenhum autor nem obra seja esquecido vindo a diminuir assim a qualidade de todo o trabalho que foi detalhadamente elaborado.
Sendo assim, reveja várias vezes o conteúdo e se certifique de que tudo está devidamente referenciado antes de levar o projeto adiante e entregá-lo.

Gostou das informações e das dicas que foram dadas neste artigo sobre o que é plágio acadêmico e como evitá-lo ao longo da execução de um trabalho? Então aproveite para compartilhar esse conteúdo com seus colegas e amigos!

::CLOUDFLARE_ERROR_500S_BOX::