Citação da Citação, Citação Direta e Indireta: Normas ABNT

Conheça as regras para fazer citação ABNT

O texto acadêmico, seja Projeto de Pesquisa, TCC, Monografia, Dissertação ou Tese, necessita de um embasamento teórico para validar e qualificar sua produção. A citação de outros autores referendados na sua área de atuação é o que separa um “trabalho comum” de uma pesquisa reconhecida e valorizada.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) define citação como sendo a “Menção de uma informação extraída de outra fonte”. Nas composições científicas, cada citação deverá seguir a normativa NBR 10520 (ABNT, 2002) para que examinadores e leitores considerem o trabalho relevante.

A utilização de informação extraída de outros documentos sem mencionar a fonte original consiste em plágio, que poderá acarretar consequências diversas e negativas ao escritor. Eis a importância da citação e da referência bibliográfica.

Citação direta

Citação Direta: quando se transcreve textualmente parte da obra do autor consultado. O texto deverá vir entre aspas duplas. Além do autor e data também deverá ser indicada a página da consulta.

Citação direta curta– com até 3 linhas, fazendo parte do texto.

Exemplo:

  • Ayerbe (2003, p. 15) afirma que “a atitude imperial de permanente conquista de novos mercados e territórios impulsiona a descoberta científica […]”.
  • Podemos considerar também que “a atitude imperial de permanente conquista de novos mercados e territórios impulsiona a descoberta científica […]” (AYERBE, 2003, p. 15).

Citação direta longa– quando se compõe de mais de 3 linhas. É escrita com fonte menor do que o texto, sem aspas, em espaçamento simples entre linhas e deverá estar em um “bloco” separado do corpo do texto por espaço duplo e com recuo de 4cm da margem esquerda.

Exemplo:

  • A aprendizagem utiliza os conhecimentos e teorias da neuropsicologia, psicologia, educação e pedagogia. Paín define a aprendizagem da seguinte forma:

(…) a aprendizagem é um processo dinâmico que determina uma mudança, com a particularidade de que o processo supõe um processamento da realidade e de que a mudança no sujeito é um aumento qualitativo em sua possibilidade de atuar sobre ela. Sob o ponto de vista dinâmico a aprendizagem é o efeito do comportamento, o que se conserva como disposição mais econômica e equilibrada para responder a uma situação definida. De acordo com isto, a aprendizagem será tanto mais rápida quanto maior for a necessidade do sujeito, pois a urgência da compensação dará mais relevância ao recurso encontrado para superá-la (1985, p.23).

Citação Indireta

Citação Indireta– é quando se expressa a ideia de um outro autor com suas próprias palavras, sem alterar ou deturpar. Também é conhecida como paráfrase. Não é obrigatória a colocação do número da página.

Exemplo 1: como parte do texto.

  • Duas análises, a de Lemos (1978) e a de Yahn (1983), apontam para o baixo impacto dos periódicos de radiologia e agricultura respectivamente, […]

Exemplo 2: quando a ideia é expressa em um parágrafo.

  • O registro do conhecimento cumpre ainda importante função de estabelecimento de prioridade da descoberta científica – fator importante na motivação do cientista (MERTRON, 1979).

Citação da Citação

Citação de Citação – quando se faz uma citação extraída de uma fonte da qual não se teve acesso direto. Para indicar este tipo de citação, pode-se utilizar a expressão “apud”, que vem do latim e significa citadopor.

No entanto, não se deve fazer uso constante deste recurso no texto acadêmico, visto que, não costuma agradar aos examinadores, editores, analistas de projetos científicos.

Exemplo:

  • Salanova, Hontangas e Peiró (1996 apud GONDIM e SILVA, 2004) definem motivação como sendo uma ação endereçada a objetivos […]

Observe -se que a obra consultada pelo autor foi GONDIM e SILVA, 2004, e nela estava contida a citação de Salanova, Hontangas e Peiró (1996), apresentada no texto.

Sistemas de citação pelas normas ABNT

A citação deverá ser facilmente reconhecida na lista de referências ou nas notas de rodapé, onde são referenciadas. Para isto, as normas ABNT admitem dois sistemas de classificação: autor-data e numérico. O escritor deverá optar por um dos sistemas e utilizá-lo ao longo de todo o trabalho.

Características do sistema de citação autor-data

a) De maneira geral, a chamada para citação deverá ser feita pelo sobrenome do autor, seguido pelo ano da publicação.

b) Quando a citação for feita no corpo do texto, o sobrenome do(s) autor (es) deverá (ão) ter somente a inicial maiúscula e a data deverá vir entre parêntesis.

c) Quando a citação terminar um parágrafo, o(s) sobrenome(s) do(s) autor(es) deverá(ão) estar grafado(s) entre parêntesis com todas as letras maiúsculas seguido(s) por vírgula e data, e da página quando for citação direta.

Exemplo:

  • Dentro deste contexto, Paulo Freire (1996), nos exorta sobre a necessidade do intercâmbio de saberes entre professor e aluno.
  • “Na relação entre professor e aluno se faz necessária a troca mútua de saberes” (FREIRE, P. 1996, p.23).

d) Quando a obra consultada tiver mais de dois autores cita-se o primeiro autor seguido da expressão “e col.” (abreviatura de “e colaboradores”) ou “et al.” (abreviatura da expressão latina “et alii”, que significa “e outros”). É importante manter uma uniformidade em todo o trabalho, qualquer que seja a expressão adotada.

Exemplo:

  • CARVALHO e col. (2011) caracterizaram o grupo segundo variáveis sociodemográficas…
  • CARVALHO et al. (2011) caracterizaram o grupo segundo variáveis sociodemográficas…,

e) Quando um mesmo autor tiver duas ou mais publicações no mesmo ano, a data deverá ser seguida por letra minúscula, indicando a ordem em que aparecem na lista de referências.

Exemplo:

  • Breinholt et al. (1995a) em testes in vitro, evidenciaram que a clorofila, é forte inibidora da formação de adutos de substâncias carcinogênicas. Em testes in vivo, Breinholt et al. (1995 b) avaliaram a inibição de formação de adutos hepáticos entre os carcinógenos e o DNA.

f) Quando houver coincidência de sobrenome e ano de publicação usa-se a inicial maiúscula do prenome seguida de ponto. Quando ainda persistir a coincidência deverá ser grafado o prenome inteiro como diferenciação.

Exemplos:

  • (BARROS, G. 1998) (BARROS, Gustavo 1998)
  • (BARROS, G. 1998) (BARROS, Geraldo, 1998)

g) Quando houver citações de um mesmo autor em anos diferentes, as datas deverão vir em ordem crescente da publicação.

Exemplo:

  • Weissenhorn et al. (1993, 1994) avaliaram a tolerância de isolados de Glomus mosseae[…].

h) Quando dois ou mais trabalhos com autores diferentes são citados em relação a um mesmo tópico, deverão ser mencionados em ordem cronológica crescente, separados por ponto e vírgula ( ; ).

Exemplo:

  • … fatores controladores apresentam interação constante e intensa, de forma que a alteração em qualquer um deles exercerá influência sobre as micorrizas (Entry et al., 2002; Gucwa-Przepióra et al., 2007; Tang et al., 2009a; Martinez & Johnson, 2010).

Citação de cartas, emails, palestras e textos da internet

Citação de fontes não formais – Podemos reunir neste tipo de citação as fontes não documentais como cartas, e-mails, comunicações pessoais, palestras e textos extraídos da internet.

No texto, se faz uma chamada com asterisco (*), e em nota de rodapé se colocam as informações relativas à caracterização da fonte.

Exemplos:

Texto:

A indústria do conhecimento apresenta um processo de apropriação da informação gerada por um ou mais receptores*.

Rodapé:

*Produzir informação ou conhecimento. Texto extraído de lista de discussão [email protected] em 15 de julho de 2012.

ou

*Comunicação pessoal de Fulano de Tal, em 15 de julho de 2012, recebida por correio eletrônico.

ou

*Palestra sobre a “Situação da Informação no Brasil” proferida por Fulano de Tal, na Faculdade XY em 15 de julho de 2012.

ou

FULANO DE TAL, “Produzir informação ou conhecimento” [online]. https://www.baguete.com.br/colunas/claudio-de-musacchio/26/07/2014/sociedade-da-informacao-x-sociedade-do-conhecimento. Capturada em 13 de abril de 2015.

Características do sistema de citação numérico

a) A indicação da fonte é feita por uma numeração única e consecutiva, em algarismos arábicos que deve ser contínua em todo o trabalho. Cada número corresponderá a uma referência bibliográfica.

b) Este sistema não deverá ser adotado quando houver notas de rodapé

c) A numeração pode ser feita entre parênteses, após a pontuação que fecha a citação, alinhada ao texto ou pouco acima da linha do texto, em expoente.

Exemplo:

  • Steve Jobs já observava: “Inovação distingue um líder de um seguidor”. (34)
  • Steve Jobs já observava: “Inovação distingue um líder de um seguidor”.34

d) Em citações múltiplas no mesmo contexto, os números correspondentes deverão ser separados por hífen ou vírgula, e ambos no caso de mais de duas citações sequenciais.

Exemplos:

  • …doenças crônicas na população de idosos (KALACHE10,11, 1986)
  • SCHARTZMAN9-12(1996) tem se dedicado ao estudo das intoxicações da infância…
  • Os autores que se têm dedicado ao estudo dos acidentes na infância têm analisado aspectos relativos à mortalidade. (8, 10-13)

Bem amigos, estamos vendo que não é tão simples fazer citações nos textos acadêmicos, não é? Mas, nem tudo precisa ser tão complicado quando você pode contar com uma ferramenta como a Fastformat que faz automaticamente tudo isso em seu trabalho, as citações diretas e indiretas são formatadas automaticamente nas normas da ABNT.

Conheça e adote esta tecnologia que caminha a favor da qualidade da sua produção científica: ganhe tempo e qualidade.

Bom trabalho!

Add comment

::CLOUDFLARE_ERROR_500S_BOX::

Notice: Undefined index: sab_desc_style in /var/www/html/wp-content/plugins/simple-author-box/inc/class-simple-author-box-helper.php on line 1025