2

5 passos para criar o Resumo e o Abstract da sua monografia

Assim como o título, o abstract (ou resumo) do seu trabalho é a porta de entrada para o leitor, além de dar uma visão geral do seu trabalho, deve despertar o interesse do mesmo. Como os abstracts possuem uma quantidade de texto limitada, muitas pessoas tem dificuldade em elaborar um texto conciso e interessante. Desta forma, vamos apresentar uma técnica para facilitar a elaboração de abstract que consiste em dividi-lo em cinco partes: contexto, objetivo, método, resultados e conclusão. Veja a seguir do que se trata cada uma dessas partes.

  1. Contexto. Nessa parte, você tem que apresentar ao leitor do que se trata o seu trabalho, isto é, contextualizá-lo. Uma forma simples de fazer isso é responder, em poucas frases, as seguintes perguntas: Qual o problema que você está investigando? Onde esse problema se apresenta? Por que esse problema é importante? Lembre que são nessas primeiras linhas que você vai despertar o interesse do leitor.
  2. Objetivo. Descreva o objetivo do seu trabalho em relação a problemática apresentada no Contexto. Por exemplo, você pode dizer que o objetivo é compreender um aspecto do problema, propor uma solução para o problema, realizar um estudo de caso, dentre outros. O texto do objetivo vai depender do tipo de estudo que você realizou.
  3. Método. Aqui você descreve sucintamente quais foram os métodos utilizados; se foi um estudo de caso, experimento, revisão de literatura, etc. É bom colocar alguns detalhes do método, como por exemplo a quantidade de participantes ou número de estudos analisados. Isso poderá despertar um maior interesse por seu trabalho.
  4. Resultados. Você deve apresentar os principais resultados do seu estudo, de forma bem sucinta. Se atenha aos resultados mais relevantes do seu estudo. Lembre que você quer informar e também despertar o interesse do leitor. Sempre seja sincero quanto aos resultados, não importa se eles são favoráveis ou não ao seu trabalho.
  5. Conclusão. Na conclusão é importante que você descreva quais foram as principais descobertas dos seu estudo. Por exemplo, você pode descrever quais são as implicações do seu estudo para o estado da arte e da prática, ou como o estudo pode servir como base para trabalhos futuros. Não seja exaustivo, descreva apenas os principais pontos.

Você deve escrever cada uma dessas partes separadamente e depois juntá-las para formar um texto unificado. Contudo, em alguns veículos de publicação,  também é possível deixar essas partes identificadas, como no exemplo abaixo.

Tenha em mente que o abstract deve falar por si só. Isto é, o leitor deve compreender o que está sendo apresentado sem precisar adentrar nas outras partes do trabalho. Por essa razão, deve-se evitar o uso de referências e abreviações, a menos que sejam realmente necessárias.

Exemplo

Veja abaixo um exemplo de um abstract escrito de acordo com as dicas apresentadas, extraído e traduzido do nosso artigo “On the reliability of mapping studies in software engineering“.

Contexto: Revisões sistemática da literatura e estudos de mapeamento sistemático estão se tornando cada vez mais comum na Engenharia de Software e, portanto, torna-se ainda mais importante compreender a confiabilidade de tais estudos.
Objetivo: Este trabalho apresenta uma análise de dois estudos de mapeamento sistemático para avaliar a confiabilidade dos estudos de mapeamento e apontar alguns desafios relacionados a esse tipo de estudo na Engenharia de Software.
Método: A pesquisa é baseada em um estudo de caso em profundidade de dois estudos de mapeamento publicados sobre Testes em Linha de Produtos de Software.
Resultados: Verificou-se que apesar de os dois estudos abordarem o mesmo tema, há um grande número de diferenças quando se trata de artigos incluídos e termos de classificação dos artigos incluídos.
Conclusões: A partir desses resultados podemos concluir que, embora estudos de mapeamento sejam importantes, nem sempre podemos confiar totalmente em seus resultados. Também apontamos quatro problemas que precisam ser atacados durante a elaboração de estudos secundários (estudos de mapeamento sistemático e revisões sistemáticas da literatura).

Veja como criar um abstract em seu documento no FastFormat

2 thoughts on “5 passos para criar o Resumo e o Abstract da sua monografia

  1. Adorei este software. Tenho plena convicção que facilitará minha vida.

  2. Vocês estão mais do que de parabéns. Sabe aquela ideia perfeita? Vocês tiveram. Será muito útil para mim e para milhares de pessoas, tenho certeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

::CLOUDFLARE_ERROR_500S_BOX::