Fichamento: como fazer, tipos e exemplos

Conceitualmente, fichamento é um resumo das principais idéias de um texto. É bastante utilizado como técnica de estudo e no processo de revisão da literatura. Nele, são resumidas e destacadas as partes mais importantes do texto com o objetivo de fazer futuras consultas. Se quiser saber mais sobre revisão da literatura, veja nossa postagem no link: Revisão da Literatura: O que é? Como fazer?

Como fazer o fichamento?

A leitura breve dos documentos é atividade essencial para que se inicie a criação de um fichamento. Essa leitura é importante para você se ambientar com o conteúdo caso seja algo novo para você. Nessa fase, a troca de idéias com seu orientador deve ser frequente. Lembre-se que ele tem uma bagagem maior que você nesse assunto.

Se você já tiver o objetivo geral e específico definidos ou questões de pesquisa iniciais, você ja pode começar a registrar no fichamento os trechos do texto em que aquele artigo ou livro responde as questões de pesquisa ou estão contribuindo com seu objetivo geral e específico. Em resumo, através do fichamento você pode identificar, analisar, conhecer e destacar os pontos mais importantes de um determinado assunto.

Fichamento ABNT

Em muitos casos, é interessante que você siga normas da ABNT na construção do seu fichamento. Ao seguir as normas da ABNT, você poupará tempo caso precise utilizar este documento para futuros trabalhos. Pensando nisso, o Fastformat desenvolveu um template especialmente para a construção de fichamentos. Para acessá-lo utilize o link: Fichamento nas normas da ABNT

Tipos de fichamento

Existem modelos diferentes deste recurso, cada um utilizado conforme a sua necessidade. Desta forma é necessário saber exatamente o que você quer com o fichamento. Existe o fichamento bibliográfico, o modelo de fichamento de citação e o modelo de fichamento de resumo ou conteúdo. Cada um deles é explicado detalhadamente a seguir.

Fichamento Bibliográfico

Utiliza a descrição, com comentários, de parte de uma obra ou dela inteira. As idéias selecionadas, podem ser organizadas por temas seguida pelo número da página onde foi encontrada na obra.

Exemplo:

SILVA, Maria lima. A antropologia social em sua plenitude. Manaus: Revista ser, 1987.
A obra insere-se no campo da história e da antropologia social. A autora utiliza-se de fontes secundárias colhidas por meio de livros, revistas e depoimentos. A abordagem é descritiva e analítica.(página 34)

Aborda os aspectos históricos da condição feminina no Brasil a partir do ano de 1500. A autora descreve em linhas gerais todo s processo de lutas e conquistas da mulher  (página 43).

Não obstante, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação assume importantes posições no estabelecimento das direções preferenciais no sentido do progresso. (página 54)

Fichamento de Citações

Também chamado de temático, é aquele em que serão transcritos trechos importantes do conteúdo. Ou seja, você vai copiar as partes que relevantes do texto, não se esquecendo de colocar as devidas aspas. Caso você não queira o trecho todo, insira “[…]” antes e/ou depois, destacando que fez o corte da frase.

Exemplo:

Educação da mulher: a perpetuação da injustiça (pp. 30 – 132). Segundo capítulo.
SILVA, Maria lima. A antropologia social em sua plenitude. Manaus: Revista ser, 1987.
“uma das primeiras feministas do Brasil, Nísia Floresta Augusta, defendeu a abolição da escravatura, ao lado de propostas como educação e a emancipação da mulher e a instauração da República” (p.30)

“na justiça brasileira, é comum os assassinos de mulheres serem absolvidos sob a defesa de honra” (p. 132)

“a mulher buscou com todas forças sua conquista no mundo totalmente masculino” (p.43)

Fichamento de Resumo ou Conteúdo

Também chamado de fichamento de conteúdo. Nele, suas idéias podem ser inseridas seguindo a ordem em que aparecem no texto. Você deve utilizar suas próprias palavras, criar diferentes esquemas e colocar exemplos e argumentos.

Exemplo:

Educação da mulher: a perpetuação da injustiça (pp. 30 – 132) segunda capítulo.
SILVA, Maria lima. A antropologia social em sua plenitude. Manaus: Revista ser, 1987.
O trabalho da autora baseia-se em análise de textos e na própria vivência nos movimentos feministas, como relato de uma prática.

A autora divide seu texto em fases históricas compreendidas entre Brasil Colônia (1500 – 1822), até os anos de 1975 em que foi considerado o Ano Internacional da Mulher.

A autora trabalha ainda assuntos como mulheres da periferia de São Paulo, a luta por creches, violência, participação em greves, saúde e sexualidade.

 

Add comment

::CLOUDFLARE_ERROR_500S_BOX::