Aprenda como fazer um pôster científico

A carreira acadêmica geralmente começa pela apresentação de trabalhos em congressos, simpósios, encontros, etc.Então, nada mais interessante do que receber instruções e dicas de como fazer um pôster científico. Certo?

Grande parte dos eventos científicos optam pela realização de sessão de pôsteres para a imensa maioria dos participantes, reservando as palestras aos pesquisadores de destaque na área ou às inovações.

Um pôster, painel ou banner, como também é conhecido, é uma forma de exposição que requer duas técnicas principais de comunicação: conteúdo visual e explanação oral, sendo por isso, considerado como veículo multimodal. Ambas as técnicas devem estar em harmonia e serem veiculadas de forma atraente e inteligível.

Os pôsteres científicos terão cumprido seu objetivo se conseguirem atrair a atenção do público presente tempo suficiente para passar sua mensagem e estimular o interesse nas diretrizes da pesquisa que estará sendo exposta.

Nesta postagem temos o objetivo de guiar você em direção a um bom pôster para divulgação do seu trabalho científico.

Organização e planejamento para fazer um pôster científico

Antes de confeccionar seu pôster, faça um planejamento e organize-se. Um pôster científico deve conter:

  • Título do evento
  • Título do trabalho
  • Nome dos autores e filiação institucional de cada um
  • Introdução
  • Material e Métodos
  • Resultados
  • Conclusão
  • Referências

Faça as seguintes observações antes de iniciar a confecção do seu pôster:

  1. Conheça seu público

Sua apresentação deve se adequar à assistência. Se for, por exemplo, um evento internacional, construa seu pôster em inglês que é a língua universal da ciência.

  1. Siga as dimensões e orientação (vertical ou horizontal) do pôster determinadas pela organização do evento.

Esta padronização é que permite uma uniformidade das apresentações, portanto observe com muito cuidado toda recomendação neste sentido. Geralmente, estas informações são encontradas no site do evento.

  1. Faça um rascunho do layout e do conteúdo

Utilize uma folha em branco para fazer o esquema do seu pôster, localizando cada tópico, calculando por exemplo, pelo tamanho da fonte, onde deverão ficar as figuras e como destacar o material e método do trabalho

Não esqueça que o pôster é mais um veículo visual do que de leitura. Então,é essencial que tudo fique visualmente harmônico e não tumultuado, facilitando a leitura, de tal forma que, as pessoas possam identificar o conteúdo mesmo quando visto à certa distância.

  1. O pôster deve ser focado

É muito importante colocar no cartaz os pontos mais relevantes. Não se prenda muito aos detalhes. Estes você poderá esclarecer na hora da apresentação.

Como fazer um pôster científico atraente?

Uma sessão de apresentação de pôsteres de uma reunião científica geralmente é um lugar cheio de pessoas interessadas no tema em questão.Um pôster deve ser atraente a 10m de distância.

Então, como destacar seu trabalho em meio a milhares de outros pôsteres? Aqui vão algumas dicas para deixar seu banner atrativo:

  1. Ressalte o título– escolha um título curto e objetivo que deixe claro do que se trata sua pesquisa.
  2. Coloque em destaque os objetivos e as conclusões– essas etapas são as que,de início, interessam mais ao visitante.
  3. Distribua bem as seções– faça uma boa diagramação para que as seções do seu pôster fiquem bem definas. O pôster dividido em três colunas é bem eficiente.
  4. Use fontes grandes – se não houver orientação nas normas você pode usar, por exemplo, tamanho 30 para texto, de 70 a 85 para título. Um pôster deve ser lido sem dificuldade a 2m de distância.
  5. Prefira fontes sem ornamentos – as fontes não serifadas como Arial, Times New Roman, Calibre, Tahoma e Verdana que facilitam a leitura à distância.
  6. Capriche nas ilustrações – boas imagens (figuras, tabelas, gráficos, etc.) atraem visitantes, antes mesmo que saibam do assunto do seu pôster. Mas, nunca use uma imagem sem relação com seu trabalho.
  7. Menos texto é melhor – Seu painel não deve passar a impressão de estar lotado. Um layout limpo dá ideia de organização e chama a atenção do público.Se não houver determinação nas regras use até 500 palavras (excluindo os descritores das figuras).
  8. Sem erros de gramáticaerros de grafia e/ou de concordância podem colocar seu trabalho em risco. Faça várias revisões.
  9. Faça uma boa combinação de cores Assegure um contraste significativo entre o fundo e a cor do texto: fundo claro para texto escuro para não cansar o leitor. Destaque os títulos das seções em cor diferente do texto, mas, sem misturar tons.

Por exemplo, se você analisou 3 variáveis, use uma cor para cada uma e a cada vez que for fazer referência a elas use a cor correspondente para identifica-las, em quadros, tabelas, gráficos, etc.

Se for usar uma imagem de fundo, escolha uma com excelente resolução e qualidade gráfica e que esteja em harmonia com o restante do pôster.

Modelos para elaborar pôster científico

Cada evento científico tem suas próprias normas técnicas para apresentação. Siga-as à risca. No entanto, no seu pôster não deverá constar nada que você não conheça bem. Cada frase, cada figura tem que ser muito bem elaborada para que você sempre tenha uma explicação sustentada em resultados e referências.

Exemplos:

  • O 49º Congresso Brasileiro de Geologia / 9º Simpósio do Cretáceo do Brasil / VII Simpósio de Vulcanismo e Ambientes Associados, instrui os participantes quase sem regras específicas:

– O formato do pôster deve ser de 0,90m largura x 1,20m de altura, com bastão e corda e sua edição (fontes, cores, tabelas e gráficos) poderá ser elaborada livremente pelo autor.

  • Já o Congresso Brasileiro de Automática (CBA 2018)orienta os participantes da seguinte maneira:

– Os autores podem optar por incluir logos adicionais de patrocinadores. O tamanho sugerido para o pôster é de 80 cm de largura por 120 cm de altura (devido ao tamanho do suporte). Note que para uma impressão de boa qualidade, suas figuras devem ter uma resolução de pelo menos 300dpi.

– O título do pôster deve estar em Calibri tamanho 54, negrito, centralizado. Os nomes dos autores devem estar em Calibri 36, negrito, centralizado, preto. A afiliação e os endereços de e-mail devem ser em Calibri 22, negrito, centralizado. Os títulos de seção deve ser em Calibri 40, negrito, centralizado.

– Todos os textos normais devem estar em Calibri 36, normal, justificado, preto. Legendas de figuras e tabelas devem estar em Calibri 28, negrito, centralizado acima da figura ou da tabela. O texto dentro das figuras (legendas, números, etc.) e das tabelas devem ter tamanho similar às dimensões das legendas (Calibri, 28) de forma a poderem ser lidos a 1.5m de distância.

Modelo Gráfico

Software para designer de pôster científico

Existem diversos programas com download gratuito que você pode usar para montar o seu pôster científico, tais como: QuarkXPress, InDesing, LaTex e Scribuss.

No entanto, o mais utilizado é o Microsoft Power Point devido à facilidade de acesso e de manuseio. Nele, você poderá criar seu trabalho em um único slide, em blocos separados e colocar as imagens que desejar.

Não esqueça que o pôster científico, como trabalho acadêmico, também tem regras da ABNT. Então, consulte a Fastformat para deixar tudo dentro das normas!

Bom Trabalho!

 

Add comment

::CLOUDFLARE_ERROR_500S_BOX::