O que é e como fazer uma resenha crítica?

Para que o aluno possa fazer trabalhos com qualidade é preciso ter conhecimento sobre cada uma das formas de apresentar um conteúdo. Cada trabalho possui suas próprias características e peculiaridades para ser desenvolvido. Por exemplo: uma resenha é diferente de um fichamento. Com a resenha crítica isso não seria diferente.

Primeiramente, é importante salientar que a resenha crítica não é um produto textual qualquer. Nela o aluno não irá apenas reunir informações, como, por exemplo, em um resumo. A resenha crítica exige interpretação sobre aquilo que está sendo lido e, posteriormente, transcrito. A resenha crítica, portanto, possui duas características que a definem: o resumo e a análise do próprio autor, fazendo com que ela seja descritiva e crítica ao mesmo tempo. Ou seja, ela é um produto textual que reúne um resumo bem-feito com uma boa argumentação.

Produção descritiva e crítica

Este exemplo de produção acadêmica é descritivo, assim como um resumo. Aliás, ela conta com um resumo do conteúdo que está sendo estudado em seu interior, mas não é apenas isto. Além do autor se preocupar em detalhar o assunto apresentando pontos principais, ele também precisa apresentar a sua crítica, como o próprio nome do trabalho sugere. Além de a parte descritiva estar presente, também é necessário que se explore o elemento da crítica, sendo que o autor deve praticamente dar sua opinião sobre o assunto sem cair no senso comum. Por isso, a interpretação do texto é fundamental.

Para facilitar o autor pode procurar outras opiniões e argumentos sobre o tema, confrontando com suas próprias ideias ou, ainda, fortalecendo aquilo que já havido dito. Estas opiniões não precisam obrigatoriamente ser de autores de renome, mas sim que possam contribuir com o seu trabalho. Esta é uma maneira de se posicionar e mostrar que a produção textual não é um mero resumo rico em detalhes. Na resenha crítica o autor pode apontar falhas na obra original, bem como elogiar os pontos que achou interessante.

Outro ponto importante da resenha crítica é seu objetivo informativo. Por este motivo, o autor da resenha crítica precisa coletar os aspectos mais relevantes de determinada obra e/ou assunto. Ao fazer este tipo de trabalho pela primeira vez pode ser que ele pareça muito difícil e que necessite de muito tempo e esforço do aluno. Porém, com a prática tudo se torna muito mais simples e fácil. A resenha precisa informar com qualidade, ter opiniões consistentes e ser compreendida por qualquer um que queira ler, ou seja, nada de linguagem técnica – a menos que necessite.

O autor pode fazer a resenha crítica seguindo os critérios da ABNT. Desta maneira, ficará mais fácil fazer uma futura publicação do documento se o professor da disciplina exigir. As normas da ABNT são facilmente encontradas na internet e padronizam os trabalhos acadêmicos. As regras da ABNT são muito usadas em trabalhos de graduação e deixam o produto final esteticamente bonito e compreensível. Entre as normas da ABNT para trabalhos acadêmicos estão o tamanho da fonte, o estilo da fonte, a distância das margens e a forma como serão feitas as referências. Uma resenha crítica padronizada conforme a ABNT pode até mesmo garantir pontos a mais para o aluno.

Conheça o Fastformat:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.