Check-list para escrever um bom trabalho acadêmico

Depois da leitura desse artigo você saberá quais pontos devem ser considerados no processo de escrita de artigos e monografias. Vamos explicar o ponto de vista de um revisor (avaliador) e entender o que precisamos levar em consideração para que tenhamos um trabalho de qualidade e aumentar suas chances de aprovação.

O revisor tem o papel de avaliar seu trabalho em relação a inovação, significância, corretude e legibilidade. Esse conjunto de objetivos podem ser divididos em diferentes questões e sub-questões as quais servem de check-list para a escrita do seu trabalho acadêmico. Veja a seguir quais são elas:

1) Qual é o objetivo do artigo (ou monografia)?

Qual é o problema apresentado? Esse problema foi claramente descrito e explicado? O autor deixou claro qual o problema e por que aquilo é considerado um problema? O autor relatou no inicio do artigo o que ele conseguiu com a pesquisa?

2) O artigo/monografia é apropriado para aquela conferência/revista/curso?

O artigo tem relação ou se encontra alinhado com a área de conhecimento que o autor o submeteu? Se sim, o artigo tem relação com a conferência/revista/curso?

3) O objetivo é significativo? tem importância?

O problema solucionado é realmente um problema real? O trabalho entra em contradição com alguma lei física? Existe algum absurdo? Assumindo que o trabalho está correto, existe algum razão para ter cuidado? Em outras palavras, o artigo relata um problema grande, pequeno, trivial ou que não existe? O problema investigado é obsoleto? O problema é tão especifico que não mereça que seja publicado? O problema investigado é novo? Nunca foi publicado? O método de pesquisa foi aplicado antes em algum estudo similar? É uma variação trivial de um estudo já existente? O autor esta ciente dos trabalhos relacionados (novos e antigos)? O autor citou no trabalho aqueles trabalhos de referência na área?

4) A forma que o estudo foi executado está correto?

A analise foi realizada corretamente? Se envolver provas matemáticas, os revisores devem avaliar em detalhes cada uma delas. As provas são convincentes? A descrição da metodologia usada na simulação de algum evento é convincente? O autor definiu intervalos de confiança para os resultados? Os resultados estão consistentes com as premissas, fatos observados ou métricas? As condições de limite/fronteiras foram avaliadas? O resultado é plausível ou até mesmo possível? O autor fez o que ele afirma ter feito?

5) São tiradas as conclusões corretas dos resultados?

Quais as aplicações e implicações do resultado? Os autores explicaram de forma clara e precisa de onde eles obtiveram aqueles resultados?

6) A apresentação está satisfatória?

O trabalho se encontra suficientemente bem escrito para que o revisor avalie a parte técnica? Nesse caso, procure utilizar palavras conhecidas e não utilize uma linguagem muito rebuscada. O abstract/resumo descreve o trabalho de forma coerente? A introdução explica o problema de maneira adequada? As seções seguintes estão claras e seguem uma ordem lógica? A gramática e a sintaxe estão corretas? As figuras estão legíveis com seus rótulos e tem importância para o trabalho? As tabelas e figuras estão bem explicadas? O trabalho/artigo tem as informações para que seja entendido sem a necessidade de consulta de fontes externas? A escrita encontra-se muito coloquial ou muito formal? O formalismo utilizado é realmente necessário? Há erros de digitação? O artigo/trabalho é muito longo? Em caso afirmativo, tem o material necessário para que seja entendido? O artigo pode ser dividido em dois outros artigos sem que perca a coerência?

7) O que você (revisor) aprendeu?

O que você ou o leitor do artigo/monografia aprendeu sobre o trabalho? Se o revisor não entendeu nada e o leitor também não, o trabalho não será aprovado.

Acima temos os principais pontos que os revisores consideram quando estão avaliando trabalhos acadêmicos. Note que você já tem muita coisa para se preocupar, desta forma deixe a formatação com o Fastformat e se preocupe apenas com o conteúdo do seu trabalho.

Referência utilizada: A. J. Smith, “The task of the referee,” in Computer, vol. 23, no. 4, pp. 65-71, April 1990. doi: 10.1109/2.55470

Conheça o Fastformat:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.