Estrutura de um Projeto de Pesquisa

Nessa postagem, vamos mostrar as principais etapas da construção de um projeto de pesquisa. Bem como as recomendações da ABNT para a construção desses documentos.

Um projeto de pesquisa não é feito partindo do zero. Portanto, nesse post estamos considerando que você conhece as etapas envolvidas nesse processo. Se ainda nao conhece, acesse nossa postagem As sete etapas da Pesquisa Científica.

A seguir apresentamos os elementos estruturais de um projeto de pesquisa.

Título do Projeto de Pesquisa

Você deve utilizar conceitos e expressões claras e atômicas. Escreva um título que atraia o leitor, deixando-o curioso. É normal que esse título sofra modificações ao longo do desenvolvimento do projeto. Por isso, as vezes é interessante deixar essa etapa mais pra frente.

Algumas pessoas conseguem pensar melhor sobre o projeto de pesquisa a partir de um título já definido. Não há nenhum problema nisso. Só tenha em mente que os rumos da pesquisa podem mudar e o título sofrerá alterações.

Veja algumas dicas de Como escolher o tema do seu TCC?

Introdução

Na introdução você vai falar sobre o tema, a justificativa, as questões de pesquisa e hipóteses. Mostre o que será pesquisado, a relevância do tema, o que já foi feito naquela área de pesquisa, a viabilidade em relação a execução do estudo, os objetivos que podem ser explicados/descritos por meio de questões de pesquisa. Os objetivos devem ser claros e concisos.

ATENÇÃO: Os objetivos descritos na seção de introdução devem ser explicados/analisados/respondidos ao longo das outras seções do projeto. Para mais detalhes veja nossas postagens: Como definir os objetivos geral e específico da sua monografia? e Escrevendo a seção de Introdução do seu TCC

Revisão bibliográfica

É importante mostrar de forma resumida o que já foi feito e discutido por outros autores que trataram do mesmo problema. Faça críticas e exponha seus questionamentos em relação aos trabalhos conhecidos.

Para cada trabalho encontrado, mostre qual a diferença que o seu trabalho apresentará e como você vai contribuir para a evolução do tema. Para maiores detalhes veja Revisão da Literatura: O que é? Como fazer?  e Como fazer um fichamento?

É importante que além de definir as questões de pesquisa você as justifique também. Para isso, utilize um texto argumentativo. Para mais detalhes veja: Tudo o que você precisa saber sobre texto dissertativo argumentativo

Metodologia de Pesquisa

Uma vez que se tem o problema que será pesquisado, começa o etapa de escolha do método que será utilizado para alcançar os resultados. Esse método vai influenciar tanto na maneira quanto a pesquisa será realizada quanto na coleta e análise de dados.

Para mais informações sobre os métodos de pesquisa que você pode utilizar, acesse nosso link: Como escolher o método de pesquisa mais adequado para seu TCC?

Escolhendo o tipo de pesquisa

Nesse ponto você já deve ter os objetivos da pesquisa definidos. Esses objetivos ajudarão a esclarecer o que se pretende com a investigação e a identificar qual o tipo da pesquisa. Os tipos de pesquisa podem ser:

  • Pesquisas exploratória. Considerada como sendo o primeiro passo de todo trabalho científico. Tem por objetivo estudar um determinado fenômeno por meio do levantamento de informações que levarão o pesquisador a conhecer mais a respeito do fenômeno estudado. Na maioria das vezes esse tipo de pesquisa é considerado um trabalho preliminar ou preparatório para outro tipo de pesquisa.
    • Ela serve para:
      • coletar mais informações sobre determinado assunto;
      • facilita a delimitação do tema;
      • ajuda na definição de objetivos e hipóteses de um trabalho;
      • descobrir um novo enfoque a respeito de determinado assunto.
  • Pesquisas descritivas. São aquelas que objetivam descrever as características do fenômeno estudado. O pesquisado não manipula os fenômenos estudados; ele apenas observa, registra, analisa, classifica e interpreta. Uma característica forte desse tipo de pesquisa é a técnica de coleta de dados, que é realizada por meio de questionários e observações.
  • Pesquisas explicativas. Aquelas em que o pesquisador tenta explicar causas e consequências da ocorrência de um determinado fenômeno. Além de analisar, registrar e interpretar, o pesquisador tenta identificar fatores determinantes ou causas. Esse tipo de pesquisa utiliza o método experimental, caracterizado pela manipulação e controle de variáveis. Para mais informações a respeito de variáveis dependentes, independentes e hipóteses acesse nosso post Teorias, Hipóteses, Variáveis dependentes e independentes

Determinar a população e amostra

A delimitação do foco do estudo é um aspecto importante a ser considerado. A delimitação impõe limites e fronteiras em sua pesquisa. Nesse contexto, devemos identificar quem será nossa unidade de análise. Pode ser uma pessoa, uma instituição, uma empresa, um grupo, um município, etc. Independente disso, precisamos saber quais os sujeitos da pesquisa. Assim, surgem duas questões:

  1. Até que ponto podemos generalizar ou concluir algo para um pequeno grupo ou para uma população?
  2. Quantos indivíduos, casos ou unidades de observação devem ser consideradas para que os resultados sejam considerados científicos/relevantes?

Antes de falar a resposta dessas questões, vamos entender a diferença entre população e amostra. Uma população é um conjunto de indivíduos que compartilham uma característica comum, por exemplo: o CPF ou RG do indivíduos no Brasil, o número da matrícula em uma universidade, preferência de time de futebol, etc.

Muitas vezes é difícil trabalhar com todos os elementos de uma população. Assim, o pesquisador utiliza um pequeno número de indivíduos dessa população que é chamado de amostra. Ou seja, uma amostra é um subconjunto de um população.

Infelizmente não existe uma resposta única para cada uma das perguntas acima. Em relação a primeira pergunta, quando se faz um estudo quantitativo a generalização pode ser conseguida pela amostragem aleatória. Ou por meio de métodos estatísticos que visam caracterizar uma população a partir de uma  amostra.

Já na segunda questão, alguns pesquisadores relatam que depende da experiência das pessoas que participam do estudo. Se de um lado você aplicar uma entrevista com pessoas que não são especialistas na área, será necessário um número grande de participantes. Por outro lado, se você aplicar um questionário para especialistas, um número menor de participantes é aceitável. Em ambos os casos, contudo, é válida a premissa: quanto maior o número de participantes, mais relevantes serão os resultados.

Técnicas de Coleta de Dados

A coleta de dados é fundamental para encontrar respostas para as perguntas feitas no inicio da pesquisa. Depois de coletados, os dados são analisados e discutidos para encontrar as resposta das perguntas de pesquisa e realizar os testes de hipóteses. Abaixo vamos mostrar algumas técnicas de coleta de dados:

  • Pesquisa Bibliográfica. Os dados são obtidos a partir de fontes escritas, como artigos, jornais, revistas, livros, etc.
  • Pesquisa documental. Quando os dados são obtidos a parti de documentos, contemporâneos ou retrospectivos. É bastante utilizado nas ciências sociais onde uma investigação histórica pode ser feita.
  • Pesquisa eletrônica. Nessa técnica, os dados são obtidos a partir de endereços eletrônicos. Vale ressaltar que nem toda informação disponibilizada nesses sites e home pages tem um caráter científico. Você deve observar a procedência dessas informações.
  • Questionário. Constituído por uma série ordenada de perguntas que podem ser respondidas por escrito ou ter suas repostas gravadas pelo pesquisador. O questionário deve ser simples para que o entrevistado compreenda sem ambiguidades o que está sendo perguntado. Para mais informações sobre como fazer questionários veja nossos posts Modelo de Entrevista (Survey) para o seu TCCComo fazer uma entrevista no seu TCC? 7 passos para fazer uma entrevista. (1 de 3)O que considerar no planejamento da sua entrevista para seu TCC? (2 de 3) e O que considerar no planejamento da sua entrevista para seu TCC? (3 de 3)
  • Observação. Consiste em ver, ouvir e examinar os fatos e/ou fenômenos que se pretende investigar. Para isso, é importante que o pesquisado esteja imerso no local da pesquisa (in-loco).

Depois da coleta dos dados, você deve prosseguir com o processo de análise desses dados utilizando diferentes técnicas. Para mais detalhes veja nosso post Pesquisa qualitativa e quantitativa: qual usar no seu TCC?

Referências

Métodos de Pesquisa. Tatiana Engel Gerhardt, Denise Tolfo Silveira. Série educação a distância.
QUIVY, R.; CAMPENHOUDT, L. V. Manuel de recherche en sciences sociales. Paris: Dunod,
1995.

Vá agora mesmo até o Fastformat e comece a escrever seu artigo científico.

normas e regras da abnt para artigo científico

Add comment

::CLOUDFLARE_ERROR_500S_BOX::

Notice: Undefined index: sab_desc_style in /var/www/html/wp-content/plugins/simple-author-box/inc/class-simple-author-box-helper.php on line 1025